Wordpress job board software

Novo porto promete gerar mais de 6 mil empregos em Balneário Camboriú

Publicado por | 17 de outubro de 2019 | Notícias

Compartilhe no WhatsApp:

O novo terminal de passageiros para embarque em transatlânticos, que será construído em Balneário Camboriú, promete gerar mais de seis mil vagas de emprego. Pelo menos é o que promete o presidente da empresa vencedora da concessão, André Guimarães Rodrigues. Serão 1,2 mil empregos diretos e cerca de 5 mil empregos indiretos.

O custo estimado para fazer o novo projeto sair do papel e gerar as novas vagas de emprego é de R$ 318 milhões.

O investimento no porto será 100% privado e a PDBS (Ports Developed By Shiphandlers Participacoes Ltda) já está consolidando parcerias com mais cinco empresas responsáveis pelos recursos e garantias para a obra.

Novo porto será inédito no Brasil

O novo terminal de passageiros para embarque em transatlânticos, que será construído em Balneário Camboriú, será o primeiro com terminal exclusivo para cruzeiristas do Brasil.

Já existem portos exclusivos para passageiros no país, tanto públicos quanto privados, mas nenhum exclusivo para cruzeiristas.

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou na quarta-feira (25) a portaria que autoriza a construção do novo portoque se chamará BC Port.

Segundo Rodrigues, será o primeiro porto nos moldes aeroportuários do Brasil.

“Será uma IPTur (Instalação Portuária de Turismo). O espaço contará com lojas, restaurantes, hotéis, área de check-in, alfândega e também postos da Polícia Federal e Receita Federal”, adiantou o empresário.

O contrato de concessão do porto é válido por 25 anos, com a possibilidade de prorrogação por mais 25. O contrato já passou a ter validade a partir do momento da assinatura, na quarta-feira.

Obras e início das operações

A expectativa do presidente da PDBS é de que, dentro de seis meses, seja regularizada a documentação necessário para o início das obras.

O início das operações, no entanto, levará mais de tempo. Depois de regularizadas as questões burocráticas, a expectativa é de que as obras levem 30 meses para serem concluídas.

Para o início das operação, a previsão é de 36 meses, contando a partir de agora.

Uma nova rota de turismo no Mercosul

Atualmente, o Brasil possuí sete navios que passam pela costa em cruzeiros turísticos. Com o novo porto, a estimativa é de que mais cinco transatlânticos passem pelo país, na rota do Atlântico Sul.

A localização geográfica de Balneário Camboriú e do novo porto, localizados estrategicamente entre Santos/Rio e Buenos Aires/Montevideo, deverá contribuir para o crescimento do turismo.

O crescimento no número de navios turísticos, totalizando 12, também fará com que Balneário Camboriú entre na rota de navios do Mercosul.

A rota já conta com Punta del Leste e Montevideo, no Uruguai, e Buenos Aires e Patagônia, na Argentina.

Crescimento econômico

Segundo o Ministério do Turismo, há uma expectativa de crescimento de mais de 60% no número de turistas cruzeiristas no Brasil.

Dados da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos apontam que, na temporada 2018/2019, o país recebeu 462,3 mil cruzeiristas.

A expectativa é que, com o novo porto de Balneário Camboriú, mais 300 mil turistas sejam atraídos para a costa brasileira.

Em relação ao impacto econômico, há uma previsão de crescimento de 100% em relação aos números da temporada 2018/2019, quando houve uma movimentação de R$ 2,083 bilhões.

O Ministério do Turismo estima que o novo porto, e os novos 300 mil turistas, irão movimentar mais de R$ 2 bilhões na economia do Brasil.

VIA: NDMAIS

Etiquetas: , , ,

Top